12 metas para ser feliz em 2017



Ano novo vida nova, já diz aquele velho ditado. Um novo ano é uma ótima oportunidade para encerrar ciclos, planejar, avaliar e rever metas a curto, médio e longo prazo. Começar novos hábitos, mudar velhos e realizar sonhos. Para isso nada como uma nova semana, um novo dia ou melhor, um novo ano.
Já faz algum tempo que deixei de escrever e me organizar com as metas e objetivos da vida simplesmente porque os últimos anos da minha vida foram uma loucura. Me graduei, mudei de país, tive meu primeiro filho, voltei para o Brasil, tive o segundo filho. Ufa! Grandes conquistas em um curto intervalo de tempo. Me tornar mãe foi uma das melhores coisas que me aconteceu mas às vezes sinto que sou constantemente atropelada pela rotina, pelas obrigações e cuidados com os filhos e com a casa.

Em janeiro de 2016 escrevi 14 metas para o ano que estava começando, consegui colocar em prática sete, das quais ainda tenho trabalho nelas a todo momento. Parece pouco, mas para uma mãe de dois fico satisfeita com o resultado, pois essas metas estão mais para hábitos do que para itens e elas não são de ordem material e sim um exercício constante de autoconhecimento e evolução.

Para esse ano novinho em folha, decidi me focar em doze metas para 2017. São doze porque quero focar e trabalhar em uma meta por mês. Isso é um experimento e espero voltar ao menos uma vez ao mês para dar um parecer de como esse projeto está sendo executado e dar mais detalhes sobre a meta, de que forma a idealizei e como consegui coloca-la em prática.

Agora que escrevo esse post estou me dando conta de que esse é o meu projeto felicidade. Todas as metas foram escolhidas pensando em trazer mais leveza, beleza e felicidade aos meus dias. Dito isso, vamos as metas de acordo com cada mês.

01. Janeiro
Palavra-chave: Organização

Para fazer as mudanças na minha vida e na minha rotina preciso começar pela organização. No ano passado li muito sobre organização e minimalismo. Agora preciso dar um tempo nos livros e aplicar tudo o que li. Um ponto positivo é que me tornei consciente de muitas coisas das quais foram fundamentais para esse "despertar". Em breve espero escrever mais sobre esse tema e quais serão as ações para organizar tudo a minha volta.

02. Fevereiro
Palavras-chave: Filhos e Casamento

Não trabalho fora e passo todo o tempo cuidando das crianças e da casa. O Ben está prestes a completar três anos e o Vi está com um ano e três meses. Eles estão em fases diferentes e apesar de tirar um tempo para brincar com eles sinto que passo grande parte desse tempo amenizando os conflitos e me dividindo entre os dois. Quero dedicar um tempo para cada um deles. Para isso, pretendo uma vez ao mês fazer um passeio com cada um deles, para que eles possam ter a minha completa atenção. Além disso, sinto que o Joca e eu precisamos de um momento nosso e também quero dedicar pelo menos um dia no mês ao nosso relacionamento. Quem sabe sair para jantar, ir ao cinema, ver alguma peça de teatro ou seja lá o que for. E se der, de quebra quero tentar ter um tempinho para cuidar de mim também. Afinal pais felizes, crianças felizes.

03. Março
Palavra-chave: Alimentação

Agora que o carnaval passou e o ano começa de vez vou me desafiar. Quero dedicar esse mês a um tema ao qual estou procrastinando há tempos e estava na minha lista de metas do ano passado; alimentação, para ser mais específica, açúcar. Sou chocólatra, eu confesso, e estou viciada em açúcar. De alguns anos para cá melhorei alguns hábitos, tirei o açúcar do café, prefiro o chocolate meio amargo e de certa forma tenho uma alimentação saudável e balanceada. Mesmo assim sinto que preciso fazer uma desintoxicação. Diminuir a quantidade não funcionou, preciso ser radical e cortar o açúcar na esperança de me sentir mais disposta, tranquila e quem sabe eliminar mais uns quilinhos, não é? Por isso em março pretendo me dedicar a eliminar o açúcar dos meus hábitos alimentares. Boa sorte pra mim.

04. Abril
Palavra-chave: Gratidão

O caminho para uma vida feliz e realizada passa pela gratidão. Por isso nesse mês quero me dedicar a fazer um diário de gratidão. Aprender a olhar e dar mais valor as coisas simples e gratuitas da vida. Aqueles pequenos momento felizes do nosso dia a dia. Quero treinar o meu olhar à agradecer mais, reclamar menos e ver o copo meio cheio e não meio vazio.

05. Maio
Palavra-chave: Desapego

Em 2016 comecei a pesquisar o termo minimalismo e tentar descobrir de que forma ter uma vida minimalista. Desde então venho ensaiando algumas pequenas mudanças nesse sentido. Consumir menos e de forma consciente é uma delas. Em maio quero me dedicar a colocar em prática a arte do desapego, algo que ainda é um pouco difícil pra mim, principalmente quando se trata de roupas que não uso há muito tempo mas fico guardando na esperança de que um dia eu posso precisar. Quem nunca?!

06. Junho
Palavra-chave: Amizade  

Estamos na metade do ano. Um ótimo momento para rever aqueles velhos amigos. Em junho quero marcar um café com um amigo que não encontro a muito tempo. Sabe aquelas amizades que com o passar do ano passam do real para o virtual? Pois é, quero resgata-las novamente para a vida real.

07. Julho
Palavra-chave: Aprendizado

Em julho quero aprender algo novo. Um idioma, um instrumento, uma atividade, um curso novo. Ainda não sei exatamente o quê mas quero fazer alguma coisa que nunca fiz. Quem sabe fazer parte de um grupo de discussões e fazer novas amizades? 

08. Agosto
Palavra-chave: Celebração

Agosto é o mês do cachorro louco e do meu aniversário EEEEEEE! Por isso nada mais justo que celebrar! Nesse mês quero me dedicar a dar um up no meu canal no YouTube que assim como o blog andou meio jogado as traças. Quero gravar um vídeo por dia no melhor estilo VEDA: vlog everyday in august. Gostaria de ter feito isso no ano passado quando completei 30 anos de existência. Mas não deu né gente, então fica para esse ano mesmo.

09. Setembro
Palavra-chave: Escrever

Poucas pessoas sabem disso mas quando eu tinha uns 11 anos anos comecei a escrever uma novela. A falta de motivação e os problemas da vida real me fizeram deixar isso de lado. E numa dessas limpezas de fim de ano, joguei fora o manuscrito, coisa que me arrependo até hoje. Foi o gosto pela escrita e pela televisão que me fizeram cursar jornalismo. E um dos meus sonhos é me tornar uma escritora, publicada. Tenho muitas ideias para diversas histórias, acontece que sou procrastinadora. Por isso em setembro vou começar a escrever um livro. Viu como sou procrastinadora? Estamos em janeiro e estou programando isso para setembro (risadas). Antes tarde do que mais tarde.

10. Outubro
Palavra-chave: Estilo

No meio de tantas mudanças internas e externas sinto que o meu estilo mudou e ainda não descobri ao certo qual é. Por isso em outubro quero me dedicar a descobrir afinal qual é o meu estilo. Neste mês quero explorar todo o potencial que o meu guarda-roupa têm. De que forma escolho as peças que entram no meu armário. E assim melhorar a Letícia que habita em mim!

11. Novembro
Palavra-chave: hábitos

Em novembro quero avaliar e reavaliar os meus hábitos. Porque faço o que faço. Quais são positivos, negativos, quais quero mudar e de que forma posso fazer isso. É claro que alguns espero já ter colocado em prática desde janeiro. De qualquer forma esse mês serve para reavaliar o projeto do ponto de vista dos hábitos.

12. Dezembro
Palavras-chave: Felicidade e planejamento

Então é natal e o que você fez? Impossível não lembrar da Simone. Pensando nisso nada mais natural do que falar de avaliação, planejamento e é claro, felicidade. No último mês do ano pretendo fazer um balanço do ano que passou. Planejar as minhas metas a curto, médio e longo prazo. E descobrir se eu me tornei uma pessoa mais feliz com essas "pequenas" mudanças.

Nesse ano que está começando eu realmente espero ter êxito neste projeto. Sinto que eu preciso de um desafio, de um propósito. Acredito que esse é o caminho natural para o processo de autoconhecimento que estou vivenciando. Pretendo trazer vários temas para o blog, de acordo com o assunto tratado em cada mês. E realmente espero que seja uma experiência incrível, de mudanças, pelo menos pra mim.

E então pessoal, vamos colocar no papel as nossas metas e desafios para esse ano? Hoje é apenas o terceiro dia do ano e ainda temos 362 dias pela frente. Quero saber de você, quais as metas que pretende realizar esse ano? Me acompanhe nesse projeto felicidade. Se inscreva no blog para receber as atualizações diretamente na tua caixa de email.

Até mais e um ótimo início de ano.

Obrigada pela visita!

Postar um comentário