Receita de antepasto de berinjela simples e saboroso



A receita de hoje segue a mesma linha das demais que venho postando por aqui, é fácil, fácil de fazer e nem por isso menos gostosa. Muito pelo contrário. 

Há algumas semanas postei uma receita de Focaccia e nada melhor do que fazer um antepasto para combinar com esse delicioso pão italiano. Por isso a receita de hoje é um antepasto de berinjela saboroso e simples.

Você vai precisar de:

  • 02 tomates
  • 01 pimentão vermelho
  • 02 cebolas
  • 06 berinjelas
  • Alecrim
  • Sal
  • Pimenta do reino
  • Azeite de Oliva
  • Orégano
Modo de preparo

Corte a berinjela em pequenas tiras. Leve ao fogo em uma panela com água e deixe ferver durante alguns minutos. 

Corte também em tiras pequenas o tomate, o pimentão e em cubos a cebola. 

Em uma travessa untada com azeite de oliva adicione a berinjela totalmente escorrida e por cima a cebola, seguida pelo pimentão e pelo tomate.

Acrescente sal, orégano e pimenta do reino a gosto. Uma porção generosa de azeite de oliva e galhos de alecrim.

Leve ao forno pré aquecido a 200 graus por aproximadamente 1h30min. A cada trinta minutos dê uma mexida nos ingredientes. Quando eles estiverem cozidos, levemente caramelizados está pronto. O tempo depende muito do seu tipo de forno. Antes de dar a primeira misturada retire os galhos de alecrim.

Deixe esfriar. Coloque o antepasto em um pote de vidro para conserva, preencha o vidro com azeite de oliva e leve a geladeira. É importante deixar uns dois dedos de sobra para que seja preenchido com o azeite de oliva, assim o antepasto não estragará e poderá ser consumido em até uma semana.

Particularmente eu gosto de comer o antepasto quentinho e fresquinho. Mas você também pode aquece-lo no microondas por alguns minutos antes de servi-lo.

Uma mistura que combina com qualquer coisa, principalmente com frio e vinho. Conte-me depois o que achou da receita. Mãos a obra e bom apetite. 

Como foi o seu dia?

Todo dia meu marido chega em casa e me pergunta se está tudo bem. Normalmente quando ele chega em casa está tudo bem, então a minha resposta naturalmente é tudo. Depois ele me pergunta como foi o meu dia, desejando saber como as crianças se comportaram. Então faço uma breve pausa e lembro de todas as coisas que aconteceram. Há dias em que tudo transcorre na mais mesma perfeita harmonia e ordem. Não há choros, birras, gritos, apenas risadas, momentos divertidos, carinho e brincadeiras. Há outros dias porém que acontece tudo e isso e mais um pouco. Então eu fico tentando encontrar palavras para descrever as emoções que senti naquele longo dia em que os dois resolveram dormir no mesmo horário, querer colo na mesma hora e me vi com um no colo e outro no carrinho embalando a ambos e cantando pintinho amarelinho. Ou então aquele momento em que na hora de almoçar o mais novo acorda e quando me dou conta estou dando leite para um com uma mão enquanto tento comer e dar comida para o outro, tudo ao mesmo tempo. Lembro também daquela hora onde tive que me desdobrar em três para dar atenção para o mais velho, o mais novo e o cachorro mantendo sempre um sorriso nos lábios e uma calma aparentemente inabalável.

Houve aquele momento do dia também que era cachorro latindo, criança chorando onde eu só fechava os olhos respirando fundo e desejando me trancar no banheiro com fones de ouvido durante um minuto para conseguir manter a calma, retomar a sanidade e começar tudo outra vez. E se não bastasse esse tenso momento chegou a noite e a hora de dar banho nos dois e tentar tomar banho também. Jantar e finalmente coloca-los para dormir. O Ben queria colo e atenção. O Vi queria peito e dormir. As horas passaram e de repente a melhor solução para aquele momento de stress foi ficar com dois praticamente deitados em cima de mim. Enfim dormiram. Mas já era nove horas e estava tão cansada que a louça do jantar, o chão da cozinha e os brinquedos espalhados pela sala ficaram por ali mesmo. Para o dia seguinte.
 
Acontece que nesse mesmo dia houve aquele momento em que enquanto estava sentada no chão observando os meus filhos fui invadida por uma felicidade sem tamanho por simplesmente estar ali presente. Houve outro instante onde me senti profundamente grata por vê-los se desenvolverem. Teve ainda a hora que fiz cosquinhas na barriga deles e tive vontade de enche-los de beijo e abraço devido ao amor que senti explodir dentro de mim. E tudo o que desejei naquele momento foi nunca me esquecer daqueles sorrisos e daquele sentimento. Houve também aquele momento gostoso em que as nossas gargalhadas se misturaram e os nossos olhares se cruzaram. Sem falar na alegria que senti quando o mais velho quis dar comida para o mais novo ou parar ao lado dele, pegar na sua mão e dar-lhe um beijo tímido e espontâneo. Ou então aquele momento quando finalmente dormiram e tudo o que eu queria era permanecer com eles nos meus braços sentido aquele cheirinho de bebê. Esses são momentos de pura felicidade e satisfação.

Então, depois de lembrar de tudo o que aconteceu no meu dia, olho para ele, solto um longo suspiro e digo:
- Foi bom. Foi tenso e intenso com fortes emoções, mas ainda sim foi um dia muito bom.

Mobile de feltro para berço

Quando estava grávida do Ben queria muito algo feito por mim no quarto dele. De cara me identifiquei com os mobiles de feltro. Delicados, baratos e fáceis de fazer. Foi aí que corri para o google e procurei inspirações e tutoriais. Na época acredito que não conhecia o Pinterest, então encontrei um blog que tinha um molde e decidi fazer o mobile que iria adornar o seu berço.

Justamente quando íamos começar a arrumar o quarto, as roupas e a decoração para a chegada do Ben ele nasceu e no meio de tanta preocupação isso gerou uma certa aflição e ansiedade. Por isso escolhi um tema que fosse fácil e rápido, já que o tempo entre idas e vindas do hospital mais a função de tirar leite e congelar tomavam muito tempo do meu dia. 

Pesquisado algumas ideias escolhi fazer um mobile de nuvens com pássaros. Adoro corujas e originalmente elas estavam no mobile também, mas com o tempo enjoei um pouco delas, acredito que pelas cores que escolhi na época. Hoje eu teria feito em uma paleta de cores mais claras, acontece que naquele tempo eu tinha pressa e fiz com as cores de feltro que encontrei na única loja que consegui pesquisar. De qualquer forma o resultado ficou bonito e foi confeccionado a seis mãos, pois o meu marido e a minha irmã também ajudaram. Atualmente o mobile adorna o berço do Vicente. Como ele fica localizado em cima do berço e próximo da janela, quando bate um vento ele fica girando. O Vi adora ficar olhando para as nuvens e os pássaros.


Espero que tu também tenha gostado dessa sugestão de mobile. Abaixo, seguem mais inspirações que tirei do Pinterest para deixar o seu talento artístico fluir.







Seis meses do Vi

Quando o Ben completou seis meses de vida fiz um post falando sobre o seu desenvolvimento. Passado o tempo, me dei conta do quanto é bacana anotar esses detalhes para a posteridade. Me arrependo de não ter continuado a escrever sobre ele e seu desenvolvimento porque de fato a gente esquece com o tempo. Pois bem, agora é a vez do Vicente. No início do mês ele fez seis meses e a cada dia está maior e mais esperto. Incrível a diferença de crescimento entre os dois.

O Ben nasceu prematuro de seis meses e por isso o desenvolvimento dele, principalmente no que se refere a peso e altura foi bem mais lento, vou escrever sobre isso em outro post. Quero também fazer um update do desenvolvimento do Ben, para que outras mães que tiveram um bebê prematuro possam acompanhar. Já o Vi que também nasceu prematuro porém de oito meses está crescendo muito rápido. Logo, logo não terei mais bebê em casa.

Semana passada fomos ao pediatra e olha só o que ele já sabe fazer com seis meses:
  • Pesa o equivalente à 8kg de pura gostosura. É cada dobrinha que dá vontade de apertar o tempo todo.
  • Mede 76 cm
  • Começou a comer papinha, manga é a sua fruta preferida até o momento.
  • É a simpatia em forma de bebê, sempre sorrindo para tudo e para todos.
  • Dorme a noite inteira e no berço! Tenho até medo de escrever isso. Sabe lei de Murphy? Pois é...
  • Dá inúmeros gritinhos e quer conversar, principalmente quando acorda ou tá com a fralda suja.
  • Já descobriu as mãos e gosta de comer os pés.
  • Faz bolinha de saliva. 
  • A Pimenta deu bobeira e pá, foi pega por seus lindos dedinhos que também adoram agarrar tudo a sua frente, principalmente os cabelos da mamãe
  • É apaixonado pelo Ben. O segue com os olhos e dá gargalhada quando faz alguma coisa que julga ser engraçado.
  • Adora olhar para as folhas das árvores e para o mobile do seu quarto.
  • Não é de chorar, só quando está com fome ou sono.
  • Tá sempre de bom humor.
  • Já rolou umas três vezes. Logo, logo estará rolando pela casa.
  • Senta com apoio ou no carrinho. Falta pouco para sentar sozinho.
  • Adora tirar fotos.
  • Gosta de ficar no sling, sobretudo quando está com sono.
  • Adorar quando lemos historinhas.
  • Música preferida "Pintinho Amarelinho". Acho que de tanto ouvir cantar para o Ben enquanto estava na barriga.
  • Não tem problemas com carrinho.
  • Super curioso. Olha tudo o que acontece ao redor.
  • Gosta de ficar deitado no chão ou sentado no colo.
  • Adora cosquinha na barriga e beijinhos estalados na bochecha.
  • Faz um biquinho quando está brabo que é a coisa mais fofa do mundo.
  • Não engatinha.
  • Não fala mamãe ou papai.
  • Ainda mora com os pais.
  • Não consigo decidir o que é mais lindo, seu sorriso ou seu olhar.

Cupcakes de baunilha com gotas de chocolate

Hoje é sexta e sexta é dia de receita aqui no blog. Para os amantes do doce uma receita simples e fácil de cupcakes. Uma boa pedida para quem está de bobeira por casa e não sabe o que fazer para o café da tarde. É sucesso e satisfação garantida. Anota aí.

Você vai precisar de:
  • 03 ovos
  • 1/2 xícara de leite
  • 1/2 xícara de óleo
  • 1 colher de sobremesa de essência de baunilha
  • 1/2 xícara de amido de milho
  • 1 xícara de açúcar
  • 1 1/2 xícara de farinha de trigo
  • 1 colher de sopa de fermento em pó
É só bater tudo com um fouet ou se preferir no liquidificador. Lembrando que o fermento deve ser o ultimo ingrediente a ser adicionado e deve ser batido rapidamente. Encha 2/3 da forminha, coloque as gotas de chocolate por cima e leve ao forno pré aquecido em 180 graus até dourar por mais ou menos 20 minutos. Na dúvida faça o teste do palitinho.

P.S. Enchi a forma de cupcake, por isso eles ficaram parecendo cogumelos.

Dica: Coloque as gotas de chocolate no freezer por uma hora, assim ele não derreterá com o calor.

Para encerrar o post de hoje dá uma olhada nesse vídeo que conta um pouco sobre a história dos cupcakes.



Mãos a obra e bom apetite. Gostou? Dúvidas ou sugestões, deixe um comentário.

Recordações de Monterrey

Olá pessoal, tudo bem? Há pouco mais de um ano voltei para o Brasil. Para quem não sabe morei no México por quase três anos. No meio dessa experiência criei um blog, me graduei, voltei para o YouTube e não menos importante tive um filho, que agora são dois!

E só depois de tanto tempo (vida de mãe e dona de casa não é fácil) consegui me reorganizar e estou soltando novos vídeos e velhos também. Por isso criei uma série de vídeos intitulada "Recuerdos de Monterrey" para ficar registrado aqui os bons tempos que vivi por lá.

O vídeo de hoje é um vlog que gravei em um fim de semana em Monterrey. Tem um pouco de tudo. Inclusive o meu bebê que já não mais bebê assim. Ahhh recordar é viver.

Um beijo pra você e inscreva-se no canal. Até mais pessoal!


Inspirações da semana #6

Olá pessoal, tudo bem? Hoje é segunda- feira e começamos mais uma semana por aqui e por aí também! Ontem tivemos votação para dar andamento ao processo de impeachment. Foi interessante acompanhar a votação. Me senti no Show da Xuxa "um beijo pra minha mãe, pro meu pai e pra você". O primeiro passo foi dado, seguimos de olho nesse capítulo da nossa história que está longe de chegar ao fim.

Enquanto essa fase difícil não passa, vamos de inspirações e bonitezas para animar a semana que promete ser mais leve, já que temos um feriadinho quase no fim dela. Comecei essa seção no blog antes do meu primeiro filho nascer e fico feliz de retoma-la depois de tanto tempo. Encontramos tantas coisas legais pela internet que é bacana compartilhar com outras pessoas e aproveitar para fazer um arquivo online disso tudo. Dá só uma olhada no que separei para essa semana.

#01: Um banco a sombra de uma árvore
Há muito venho sonhando com a minha casa e com um jardim, pode ser pequeno desde que tenha uma linda árvore para construir um banco ao redor dela e quem sabe passar alguns momentos sentada observando os meus filhos brincarem ou então lendo um bom livro como a garotinha da foto.


#02: Flores, flores, flores...
Que tal transformar aquele bule de café em vaso para lindas flores? Adorei a ideia. Se tu não encontrar um bule no fundo do teu armário dá para comprar um muito parecido com o da foto nessas lojas de R$1,99 ou que tenha coisinhas para a casa. Fica a dica para o meu futuro lar.

#03 Bandeja porta objetos
Outra dica bacana é dar uma cara nova aquela bandeja branca sem graça. Essa da foto recebeu pintura e um novo fundo que pode ser feito com tecido, pintura ou adesivo. É uma ótima forma de guardar os temperos mais usados para cozinha. Simples, útil e bonito.

#04 Xadrez para descontrair
Xadrez é um dos tipos de padronagens que mais gosto. Por isso adorei quando encontrei algumas peças de roupa com aquela cara de "toalha de piquenique". É divertido, clássico e não enjoa. Se jogue no xadrez também. Além de combinar muito bem com qualquer meia estação.

#05 Mulheres x Homens
E para encerrar as inspirações da semana uma mensagem divertida. Será que é verdade que nós falamos o dobro de palavras que os homens?


No meu caso com filhos pequenos devo falar o triplo porque sim, preciso repetir muitas vezes as mesmas coisas. kkkkkk. E aí, gostaram? Boa semana pessoal.

Mesversário com receita de hotcakes

Na semana passada o meu querido bebezinho completou seis meses de vida! Com exclamação, por que o que são seis meses diante da imensidão dos próximos anos? Parece pouco tempo mas para ele que se desenvolve a todo vapor é um tempo precioso e para a mamãe aqui também. Afinal daqui a mais alguns meses não terei mais bebê em casa - buáááá. Vou sentir saudades como já sinto com o Ben. Mas a felicidade é grande, tudo o que queremos é ver os nossos filhos crescendo de forma saudável e segura. Trabalhamos pesado para isso.

Por isso é claro que devemos comemorar, em especial esses doze primeiros meses. Para registrar esse momento gravei um vlog com a primeira papinha do Vi dada pelo seu big brother e para finalizar o dia uma receita de panquecas americanas que até uma criança de dois anos consegue fazer. Na verdade quem fez foi o Ben eu fui apenas uma mera coadjuvante. Já testei várias receitas de hotcakes e de todas essa é a que mais gostei. Espero que aproveitem também para fazer a receita.

Receita de Hotcakes - panquecas americanas

Ingredientes
1/2 xícara de leite
1 ovo
1 xícara de farinha de trigo
1/2 colher de chá de óleo
2 colheres de sopa de açúcar
1 colher de chá de essência de baunilha
1 colheres de sopa de fermento em pó

É só misturar todos os ingredientes aos poucos nessa ordem e tá pronto! Aqueça uma frigideira e coloque duas colheres de sopa da massa. Não mexa, nem espalhe. Quando formar bolhas na superfície, vire a panqueca e espero o outro lado dourar também. Adoro fazer essa receita nos domingos de manhã para comer com Nutella, mel ou doce de leite. Se bem que vai bem com uma manteiga também. Bom apetite.



Se gostou do vídeo dê like e se inscreva no canal também. Obrigada por assistir e até a próxima.

P.S. Desculpa a bagunça mas a maternidade real é assim mesmo, sem maquiagem com a casa bagunçada.