Coelhinho da Páscoa que trazes pra mim?


Ontem foi dia de celebrar a Páscoa. Aqui em casa fizemos essa comemoração de uma forma um pouco diferente do convencional: eliminamos o chocolate e demos tomate cereja para o Ben. Ele gostou da surpresa e devorou o pacote no mesma hora. Mas por que tomei essa decisão? Primeiro porque acredito que ele é muito pequeno ainda para devorar doces, balas e chocolates por aí. Não proíbo o consumo, mas não incentivo também. De chocólatra já basta eu nessa família e olha que esse é um hábito difícil de eliminar. Segundo e mais importante, é que acredito que a Páscoa foi reduzida a presentes e chocolates nos últimos anos. A Páscoa perdeu o sentido, tudo para alimentar um consumismo desenfreado que começa cedo, focado nas nossas crianças. E esse certamente não é o espírito da Páscoa que quero passar para os meus filhos.
Quando eu era pequena lembro das cestas feitas de papel que a minha mãe e mais tarde a minha irmã faziam, dos ovos que eu coloria e é claro da penca de chocolate que ganhava. Celebramos dessa forma durante muitos anos. Na verdade deixei esse ritual de lado depois que a minha mãe faleceu. Parece que isso apenas tinha sentido com ela por perto. Hoje estou pensando qual será a tradição que criarei com os meus filhos. Por enquanto eles são pequenos para entender o que de fato representa a Páscoa. Ainda não sei de que forma faremos isso, porém tenho certeza de que enquanto eu puder deixar essa história de ovos de chocolate de lado, assim o farei. Afinal, isso é uma coisa inventada e cultivada no Brasil. E esperto é o coelho, que dá chocolate para os outros e come cenoura!
Por fim gravei um vlog com a caça ao presente do coelho, meu filho nem deu bolo para o presente, mas quando descobriu o que era hummmm.
Gostaria de saber de que forma tu comemora a Páscoa com os seus filhos, netos ou sobrinhos? 
E que o espírito da ressurreição permaneça em nós durante todos os meses do ano. Que o velho ou que não serve mais possa morrer para enfim ressurgir o novo. Um abraço e até mais.


Obrigada pela visita!

Postar um comentário