TuboHotel: o hotel mais legal e sustentável do México

Um hotel um tanto quanto inusitado, mas sustentável pode ser encontrado aqui no México. O TuboHotel foi construido com tubos de concreto em formato de pirâmide e está situado em uma fazenda orgânica no Pueblo Magico de Tepoztlan, em Morelos que fica a 45 minutos da Cidade do México. O escritório responsável pela obra é o T3arc e foi inspirado no trabalho do arquiteto alemão Andreas Strauss e levou três meses para ficar pronto.

"A ideia surgiu quando construimos o Cafe Cinco, onde tivemos a necessidade de fazer um banheiro muito econômico para os usuários. Em nossa busca de soluções, encontramos o trabalho do arquiteto Andreas Strauss que em 2006 reciclou tubos de concreto para adequar as habitações de um hotel. Conseguimos reciclar tubos de 2,44m de diâmetro por 3,50m de largura e fazer o nosso banheiro e então nosso cliente decidiu fazer um hotel com as mesmas características que o Desparkhotel" conta um dos arquitetos no blog do escritório.

 
 
A proposta deste hotel é ideal para mochileiros e famílias que querem passar um fim de semana no meio da natureza, sem cair no tradicional acampamento, já que o espaço conta com um estrutura de lazer com espaço para almoços, churrascos e piqueniques. No total, são 20 quartos, com cama queen size, mesa de luz, ventilador e cortinas, todos tem vista para a o pátio central, mas o banheiro é comunitário, sendo um para mulheres e outro para os homens. A diária pode custar de R$70,00 a R$130,00 mais impostos. O TuboHotel é o único hotel onde o visitante grita "Me mande para um tubo". 

"Diferente do hotel de Strauss, colocamos as habitações (tubos) em módulos de três, para aproveitar melhor o terreno. Nosso escritório se encarregou do plano geral e da costrução do primeiro módulo de três tubos concretos, posteriormente, a administração do Tubohotel se encarregou de construir os módulos restantes. A ordem dos tubos é aleatório, de acordo com a topografia do terreno" explica o arquiteto.

 

Dá uma olhada nessa matéria que encontrei que acredito serem os proprietários do hotel. Esta em espanhol, mas dá para entender facilmente.



Que ideia bacana, vocês se hospedariam nesse hotel? Acho que por uma noite pode ser uma experiência interessante.

Produto testado: esmalte Revlon Nail Art Chalkboard

Desde o início do ano a Revlon vem lançando linhas de esmaltes encantadores para as aficionadas por unhas e por nail art. Os últimos lançamentos foram as coleções: Neon, Moon-Candy, Expressionist e quadro negro. Ao total são seis linhas compostos por duos de esmaltes, com uma infinidade de combinações, cores, texturas e estilos. As cores são lindas e prometem diversos efeitos. O duo é formado por uma cor de base e outra para criar a proposta desejada pela linha. Um dos pincéis é mais fino para facilitar o desenho e a criação. Dá uma olhada na proposta de cada linha.

Revlon Nail Art Expressionist

Essa linha é composta por cores fortes e vibrantes, ideal para soltar a criatividade e a artista que existe dentro de ti.  
Divulgação
Revlon Nail Art Neon

O duo é composto por uma cor e uma base branca usada para intensificar o efeito neon. Tem as cores e a intensidade do verão, o brasileiro porque aqui o frio tá grande.
Divulgação
Revlon Nail Art Moon Candy
Essa coleção é inspirada no espaço e é composta por uma cor escura cremosa e outra com glitter para criar o efeito em 3D.
Divulgação
Revlon Nail Art French Mix
Com cores suaves e contrastantes, essa coleção promete diversificar as tão conhecidas francesinhas, também chamadas de inglesinhas.
Divulgação

Revlon Nail Art Break-Up
O efeito prometido para essa linha é o "craquelado", esse duo é formado por um esmalte normal cremoso ou cintilante e por um top-coat cracker, combinados de tal forma que as cores se harmonizam perfeitamente.
Divulgação
Revlon Nail Art Chalkboard
E finalmente, o lançamento desse inverno, Revlon Nail Art Chalkboard, a linha que testei. O duo é composto por uma base em preto e outra cor que nos remete ao giz, criando o efeito quadro negro nas unhas. 

Divulgação

É fácil imaginar o quanto foi difícil escolher um duo apenas com essa infinidade de cores e combinações dentre essas coleções. Optei pela chalkboard preto com rosa salmão. O que me levou a escolher essa linha foi o preto fosco. Na primeira vez que usei, gostei tanto que a deixei apenas com a cor preta. Agora na segunda aplicação resolvi testar a proposta da linha com as duas cores. Tentei fazer umas linhas como mostra uma das fotos abaixo, acontece que sou muito descoordenada para isso e acabei fazendo uma combinação de poá com inglesinha. Até que ficou bom para quem não tem muita experiência em se auto fazer nail art. Mas estou doida para fazer outros testes e aprender alguma coisa diferente.

Arquivo pessoal
Arquivo pessoal
Resultado final do esmalte Revlon Nail Art Chalkboard

Gostei da cobertura e da aplicação do esmalte, principalmente quanto a secagem, porque tenho a tendência de estragar as unhas assim que as termino e esse esmalte seca rapidinho. O ponto negativo ficou por conta da durabilidade. Três dias depois da primeira aplicação, metade das minhas unhas estavam lascadas nas pontas. Agora com a segunda aplicação - com as duas cores - quero ver se dura as unhas duram mais. Em breve atualizo o post contando para vocês sobre a durabilidade dessa segunda aplicação.
 
Divulgação
Divulgação

Alguém por aí já testou algum desses esmaltes também? Acho que preciso muita prática para conseguir fazer algumas dessas suas unhas. De qualquer forma fica de inspiração, são lindas.

"Like a Rolling Stone" de Bob Dylan ganha clipe interativo depois de 48 anos


Uma das minhas músicas favoritas finalmente ganhou um clipe depois de 48 anos. O clipe interativo da canção "Like a Rolling Stone" do Bob Dylan foi lançado na ultima terça-feira (19). Amo a música e amei a ideia do clipe: os fãs acessam uma página, onde aparece uma televisão com canais e em cada canal uma celebridade aparece dublando a música.


No clipe, é possível esbarrar com o músico Danny Brown, o humorista Ryan Singer, o apresentador de TV Drew Carey e os irmãos gêmeos do programa de reforma Irmãos à Obra (do canal pago H&H). Ou seja, você nunca vê o mesmo clipe, inclusive em um dos canais aparece o próprio Dylan cantando "Like a Rolling Stone" em uma apresentação de 1966. O clipe divulga a caixa The Complete Album Collection, com 47 CDs, lançada nos Estados Unidos na semana passada.

Para assistir ao clipe clique aqui.


Que ideia genial, não é mesmo? A direção do vídeo é de Vania Heymann, da agência digital Interlude, que, em entrevista ao site Mashable, disse: "uso a televisão para nos servir de espelho". Yoni Bloch, CEO da Interlude, acrescenta: "sempre vamos perder alguma coisa porque não podemos ver tudo ao mesmo tempo".


Diário de gravidez: a espera de um guri

Segunda foi dia de fazer a eco morfológica, uma ecografia detalhada onde o médico mede todas as partes do corpo do bebê, além de avaliar a placenta, o liquido amniótico e o colo do útero da mãe. Baseado nessas medições se pode ver se corre tudo bem com a gravidez e com o baby. Graças a Deus estamos bem e agora sabemos com certeza que estamos esperando um guri. Que emoção ouvir o seu coração em alto e bom som, poder ver o seu rostinho, seus pés e mãos e imaginar como ele será. Agora com 20 semanas o Benício mede 20cm e pesa cerca de 350 gramas. O danado esta sentado e agora posso confirmar que a sensação de receber alguns "chutes" na bexiga é real. Sério, eu achava que fosse maluquice minha, mas na posição que ele esta acho que possível que seja ele.

Acho que não pegaram o melhor ângulo do Benício.

Praticamente na metade do caminho já consigo diferenciar o que são gases e o que é o bebê se mexendo e ele começou a se movimentar bastante essa semana. É difícil descrever a sensação que sinto quando isso acontece. O Joaquim tem a impressão de que já sentiu de leve também. Mas em breve os chutes serão maiores e ai sim ele vai poder curtir mais esse momento. Esses dias estávamos deitados na cama, enquanto eu lia um livro em voz alta senti ele mexer, era só eu parar e o Joaquim colocar a mão na barriga que ele ficava quieto. Acho que estava brincando com a gente, só pode.
Sigo indo mais no banheiro do que nunca e parece que o frio só intensifica a vontade de fazer xixi o tempo todo. Pra ti ver como a natureza é sábia, acho que nos faz levantar de noite várias vezes porque assim começamos a nos acostumar para as primeiras semanas ou meses do bebê em casa. E o que eu sentia de enjoo antes, agora sinto de fome. Tenho a impressão de que só como, já ganhei alguns quilinhos, mas ainda estou de olho na balança para não exagerar. 
Estou olhando as dicas e decorações para quarto de guri, mas tá difícil decidir alguma coisa, principalmente no quesito berço, não sei se investimos nos tradicionais de madeira ou naqueles para viagem, de montar. Alguma mãe aí de plantão para me dar a sua opinião? Estou precisando de muitas para tomar uma decisão. Enquanto isso não acontece quero compartilhar um texto do autor
Alan Beck sobre o que é um menino. Achei lindo e bem, não sei se ter um menino é isso mesmo, mas em breve descobrirei.

O que é um menino?

Entre a inocência da infância e a compostura da maturidade há uma deliciosa criatura chamada menino. Embora se apresentem em tamanhos, pesos e cores sortidos, todos os meninos tem o mesmo credo: aproveitar cada segundo de cada minuto de todas as horas de todos os dias e protestar ruidosamente – o barulho é sua única arma – quando seu último minuto é decretado e os adultos o empacotam e metem na cama.
Meninos são encontrados em todas as partes: em cima de, embaixo de, subindo em, balançando-se no, correndo em volta de, pulando para. As mães os adoram, as meninas os odeiam, irmãos e irmãs mais velhos os suportam, adultos os ignoram, o céu os protege. Um menino é a Verdade com o rosto sujo, a Beleza com um corte no dedo, a Sabedoria com um chiclete no cabelo, a Esperança do futuro com uma rã no bolso. 
Quando você está ocupado, um menino é um conversa-fiada, intrometido e amolante. Quando você deseja que ele cause boa impressão, seu cérebro vira geléia, ou ele se transforma em uma criatura sádica e selvagem empenhada em desmontar o mundo ao seu redor.
Um menino é um híbrido: o apetite de um cavalo, a disposição de um engole-espadas, a energia de uma bomba atômica de bolso, a curiosidade de um gato, os pulmões de um ditador, a imaginação de um Júlio Verne, o retraimento de uma violeta, o entusiasmo de um bombeiro e quando se mete a fazer alguma coisa é como se tivesse cinco polegares em cada mão.

Gosta de sorvete, canivetes, serrotes, pedaços de pau, água (no seu habitat natural), bichos grandes, Papai, sábados, domingos e feriados, mangueiras de água. Não é partidário de catecismo, escolas, livros sem figuras, lições de música, colarinhos, barbeiros, meninas, agasalhos, adultos e "hora de dormir". Ninguém se levanta tão cedo, nem chega tão tarde para o jantar. Ninguém se diverte tanto com árvores, cachorros e mosquitos. Ninguém é capaz de meter num único bolso um canivete enferrujado, uma maçã comida pela metade, um metro e meio de barbante, um saco de matéria plástica, duas pastilhas de chiclete, três notas de um Real, um estilingue e um fragmento de “substância ignorada”.
Um menino é uma criatura mágica: você pode mantê-lo fora de seu escritório, mas não pode expulsá-lo de seu coração. Pode pô-lo para fora da sala de visitas mas não pode tirá-lo de sua mente. Queira ou não, ele é o seu captor, seu carcereiro, seu dono, seu patrão, uma cara sarapintado, um nanico, um mata-gatos, um pacote de encrencas. Mas quando à noite você chega em casa, com suas esperanças e seus sonhos reduzidos a pedaços, ele possui a magia de soldá-los em um segundo, pronunciando duas palavras somente: “Oi, papai”…

E então mamães e papais de meninos, é isso mesmo?
Perguntas, dicas ou sugestões? Deixe o seu comentário, ele é muito bem vindo por aqui ;)

Look do dia: galocha, casaco azul e frio

Aqui em Monterrey esta tudo frio e chuvoso. No domingo fiquei sem luz da metade da tarde até de madrugada, resultado: não consegui postar nada ontem. Mas nem tudo esta perdido, hoje voltamos com as atividades por aqui. Com a chegada da frente fria número 13 que já baixou as temperaturas mas que promete chegar a 1 grau até o fim da semana, inaugurei minhas duas melhores aquisições do ano: uma bota de camurça por fora, forrada de por dentro - que mostrarei em breve - e a minha tão desejada e procurada galocha.
Por aqui é muito comum a mulherada usar galochas! Engana-se quem pensa que são galochas para cuidar da horta ou do jardim. Geralmente elas são bonitas, fashion, básicas e coloridas. Há tempos buscava uma que fosse básica e bonita. Depois de tanta procura encontrei uma da marca Capa de Ozono - marca mexicana - que me encantei ao provar. Para falar bem a verdade, queria uma galocha pensando no futuro, para usar em Caxias durante aquelas semanas que só chovem e que nenhuma bota dá conta de tanta água. Mas acabei me surpreendendo com o clima por aqui nesse outono e já usei umas duas vezes.
Dá uma olhada no meu look efeito cebola, pois com o frio que esta fazendo só com camadas de roupa para aguentar. Para os dias mais gelados a dica é usar a galocha com aquelas meias térmicas que aquecem o pé. Para completar o look um casaco azul, foi-se o tempo que o inverno era sinônimo de casaco preto. Os casacos coloridos são tendência para essa estação.

Fotos: Joaquim Gomes
 
 
 
 
 
 

E aí, o que acharam? Uma galocha assim dá para usar sem problemas né.


Dica de filme para um fim de semana frio e chuvoso: E sua mãe também

Ao terminar esse post, percebi que estou em um fim de semana bem cinéfilo. Na sexta falei sobre o web-documentário "Boca de Rua - Vozes de uma Gente Invísivel" e hoje também trago uma dica de filme. Aqui por Monterrey a frente fria número 13 - porque no México as frentes frias recebem um número - chegou trazendo muito frio e garoa. Pra se ter ideia ontem a temperatura cegou a 4 graus de tarde e é claro que com essa previsão, o roteiro foi ficar em casa assistindo a um filme. Talvez seja por isso que o blog e eu estamos em clima de cinema. Engraçado como o clima pode nos influenciar em muitos aspectos, não? Toda caso, chega de conversa e vamos para a dica de filme, para quem assim como eu gosta de ficar de bobeira curtindo um bom filme com muita pipoca e cobertor.
Se tem um filme que fala muito sobre uma geração de mexicanos de forma subjetiva é o filme Y tu mamá también, com direção de Afonso Cuarón e roteiro de Carlos Cuáron e Afonso. Apesar de essa película ser de 2001, somente agora morando no México e depois de tanto ouvir falar dela, a vi. E posso afirmar que de fato me surpreendi, pela narrativa e principalmente pelo roteiro bem delineado. Esse é um daqueles filmes que me faz questionar porque levei tanto tempo para vê-lo.



Alfonso Cuarón ganhou sua primeira câmera de cinema com doze anos, no México, seu país natal. Desejava estudar cinemas, mas a sua mãe queria que fizesse filosofia. Para a sua alegria e a da mãe fez os dois, de manhã filosofia e de tarde cinema, no Centro Universitário de Estudios Cinematograficos. Sua primeira produção, Sólo con tu pareja (1991) chamou a atenção de Hollywood. A princesinha (1995) foi seu primeiro filme como diretor nos Estados Unidos. Em seguida, dirigiu Grandes esperanças (1998), fracasso de crítica e público, o que fez com que voltasse para as suas raízes no México e escrevesse junto com o seu irmão um roteiro maravilhoso. Para o professor Tom Stempel o roteiro de E sua mamãe também tem muitas coisas que Hollywood gostaria de fazer, mas parece incapaz de fazer bem-feito. E tem várias coisas que Hollywod nem ousa tocar. Depois desse filme, Cuáron foi contratado pela Warner Brothers para dirigir Harry Potter e o prisioneiro de Azkaban (2004).
O filme narra a história de Tenoch (Diego Luna) e Julio (Gael Garcia Bernal) que são dois adolescentes de 17 anos controlados pelos seus hormônios e que desejam se tornar adultos rapidamente. Em uma tarde festiva eles encontram Luisa (Maribel Verdú), uma garota espanhola 11 anos mais velha que eles e que é casada com o primo de Tenoch. Eles a convidam para uma viagem à praia de Boca del Cielo, convite este inicialmente recusado e posteriormente aceito, após Luisa receber uma desagradável notícia. Porém, tanto Julio quanto Tenoch não conhecem o caminho até a praia e nem mesmo se ela realmente existe, fazendo com que os três se aventurem em uma viagem onde inocência, sexualidade e amizade irão colidir.
Para contar essa história temos um narrador que não é nenhum dos personagens, ele não coloca o espectador dentro do filme, mas nos convida a observar os personagens a certa distância. Os roteiristas conseguiram relacionar suas histórias com o mundo real, usaram uma história simples para nos contar muito sobre o clima social, cultural e político de seu país. E deixaram de lado um elemento importantíssimo da cultura mexicana, com a qual suspeitávamos que a história iria lidar. Mas ele não está presente nos personagens, no diálogo ou no visual, e como eles fizeram isso só é percebido depois de assistir ao filme algumas vezes.

Web-documentário "Boca de Rua - Vozes de uma Gente Invisível" fala sobre o único jornal brasileiro feito por moradores de rua

No post de hoje vamos falar de um documentário muito bacana que foi realizado através do Programa Rumos do Itaú Cultural, por meio de uma ação inovadora no qual premiou 10 diretores brasileiros para a realização de web-documentários. "Boca de Rua - Vozes de uma Gente Invisível" é um documentário inédito que conta a história do único jornal do país produzido inteiramente por pessoas que moram na rua.




Com textos, fotos e ilustrações que revelam um pouco da realidade escondida nas grandes cidades, o veículo - fonte de renda para diversos participantes do projeto - é reconhecido mundialmente pela ONG International Network Of Street Papers (INSP). Até agora, mais de 150 pessoas passaram pelo Boca e cerca de 70 já deixaram de morar nas ruas. No jornal os integrantes aprendem a ler, a escrever e a lutar contra a invisibilidade. Adorei tanto a abordagem, quanto a estética do doc, com certeza esse trabalho merece ser visto e compartilhado pelo maior número de gente possível. Abaixo segue o vídeo e uma entrevista que fiz com o diretor do web-documentário "Boca de Rua". Confira!


O documentário tem a duração de 10 minutos e foi produzido pela Bigode de Gato Produções Artísticas e dirigido pelo Marcelo Andrighetti. A ideia para esse projeto surgiu a cerca de dois anos e para ter mais detalhes de como o doc foi feito conversei com o diretor. As respostas para as minhas "perguntinhas" foram grandes, pensei em cortar mas lendo achei tão legal e importante a experiência descrita por ele, assim como o material produzido, que por isso resolvi deixar a entrevista quase que na integra. Vale a pena ler e ver o "Boca de Rua".

Os Headbands ou tocados que fazem a cabeça das noivas

O post de hoje foi sugerido pela Lu Sganzerla, amiga e visitante assídua do blog e é sobre o hadband que está virando moda no universo das noivas por aí. Confesso que quando ela sugeriu o tema me perguntei afinal o que eram os headbands, pois nunca tinha ouvido falar. Fui pesquisar e descobri que já os conhecia por outro nome. Aqui no México eles são conhecidos como tocados e fazem a cabeça das noivas há algum tempo, inclusive cheguei a cogitar um para o meu casamento. São super fáceis de encontrar e qualquer loja de acessórios para noivas tem aos montes para provar. Não me lembro bem o porquê, mas acabei descartando e agora separando as fotos para o post bateu o arrependimento. Ah Luana, se você tivesse me falado antes, imagino que essas fotos teriam me feito mudar de ideia.

 
 

Mas afinal o que são os famosos headbands?

Essa palavra é usada para resumir de uma só vez faixas, arcos, tiaras, lencinhos, enfim, todo tipo de acessório que fique em torno da cabeça. Eles foram muito usados pelos hippies nos anos 60 e 70. Sua origem vem lá da Grécia, tinha a forma de coroa de flores e servia para nomear alguém em eventos importantes.
Hoje os tocados estão na moda novamente e dessa vez adornam a cabeça das noivas. Existe uma infinidade de modelos com flores, pérolas, pedras, strass, penas, couro ou simplesmente com algum tecido, como a renda ou o tule. Combinado com os mais variados gostos e estilos, de noivas e vestidos: romântico, boêmio, moderno, criativo ou clássico.

 
 
 

Esse acessório fica bem em cabelo curto, longo, cacheado ou liso, ou seja, em qualquer tipo de cabelo e pode ser usado tanto com cabelos presos, quanto soltos. Aliás é uma boa pedida para quem assim como eu, quer apostar no cabelo solto ou semi preso.

 

E então o que acharam? Eu fiquei com vontade de casar de novo. Confira essas e outras inspirações de tocados e headbands no pinterest. E caso você tenha alguma sugestão para um post escreva para contato@depoisdecasada.com.br. Vou ficar muito contente em receber e atender o seu pedido.

Saudades de casa

Morar em outro lugar que não seja a sua casa tem as suas vantagens e desvantagens. Especialmente se tratando de tamanho e de decoração. Sempre sonhei em viver em uma casa grande o suficiente para ter espaço para respirar, para ter espaço para o vazio. Onde eu não me sentisse sufocada ou com a sensação de que cada armário aberto poderia ser uma avalanche de coisas sem fim que guardamos porque precisamos guardar.


Meu sonho se realizou. Em parte. Vivo nessa casa dos sonhos, só tem um porém, ela não é minha. Tenho espaço e mil ideias para a decoração pipocam na minha mente, mas nem sei por quanto tempo ela me será emprestada. E assim, sinto saudades da minha casa, do meu canto, do meu mundo, do meu jeito. A minha casa, ou melhor, apartamento, pode não ter o espaço desejado, mas tem uma parte de mim e outra do meu amor. Ela não tem as cores que quero, mesmo assim amo os seus defeitos. Amo o cheiro e os momentos vividos e compartilhados ali. E da parte que mais sinto falta dela é do meu home office. Não dos sonhos ou de revista, mas era meu. Ali eu escrevia, trabalhava, editava, viajava, me inspirava. Agora não tenho um lugar. Enquanto me divido entre a sala de jantar e a sala de estar, olho para um espaço e idealizo um home office, ah se essa rua, se essa rua fosse minha...
Vivo o mesmo dilema quanto ao quarto do bebê. É grande, tem closet e banheiro, muito mais do que ele precisa. Tem o espaço para criar a decoração que couber na imaginação e no bolso. Só não sei se vale e a pena. Eu sei, estamos falando do quarto do nosso filho, é claro que vale a pena. Mas acontece que na minha casa no mundo real não cabe muita coisa. Ainda nem sei o que farei com o home office que hoje ocupa o futuro quarto do Benício. Penso no meio termo, no equilíbrio, penso em não pensar no depois e não tentar adivinhar o futuro. Enquanto decido, procuro ideias e inspirações. Tento o desapego e aproveito a minha casa dos sonhos, em partes, porque ela não é minha.

Cinco cuidados para prevenir o aparecimento de estrias na gravidez

A pele, assim como as demais partes do nosso corpo, sofrem muitas mudanças com a gravidez. O cuidado com a pele ganha uma importância maior nesse período, principalmente para prevenir o aparecimento de estrias na gravidez. As estrias caracterizam-se por um rompimento das fibras elásticas que sustentam a camada intermediária da pele, formada por colágeno e elastina - responsáveis pela sua elasticidade e tonicidade. As estrias podem aparecer durante depois da gestação, por isso é importante criarmos alguns hábitos que ajudam a prevenir essas malditas. Confira abaixo as principais dicas para preveni-las.

Foto: Getty Images
● Beba água
Mais do que nunca nessa fase o consumo de água deve ser elevado. O recomendado é que se consuma de 2 a 3 litros diariamente. O corpo humano traz em sua composição 70% de água, entre as funções do líquido no organismo estão o transporte de nutrientes, o que possibilita a maior parte das reações químicas que mantêm o funcionamento do corpo e das células. Quando estamos hidratados nossa pele fica mais macia e elástica, o que ajuda já que ela passará por um estiramento conforme os meses vão passando. E o mesmo vale para depois do nascimento, onde a pele precisa voltar ao normal. Por isso, beba água.

● Hidrate a pele
A hidratação da pele deve ser diária e deve ser feita no mínimo duas vezes ao dia nas áreas onde se quer prevenir as estrias: barriga, seios - ao redor e não nos mamilos - e quadril. De acordo com a minha dermatologista não é preciso usar cremes caros e específicos para isso e aplica-los apenas uma vez ao dia porque o que realmente faz efeito é essa continua aplicação. Ou seja você pode usar qualquer hidratante desde que contenha glicerina em sua fórmula, mas aplica-lo várias vezes ao dia. Outra dica é usar óleo de amêndoas doce assim que sair do banho com a pele um pouco úmida e depois passar o hidratante por cima. Essa hidratação deve ser realizada durante a gestação e no pós-parto.

● Banhos quentes
A água quente pode ressecar a pela, pois ela ajuda a eliminar a camada natural da pele. Por isso evite banhos quentes e longos. Opte por banhos rápidos e mornos.

Faça exercícios
A prática de exercícios físicos ajudam a manter o peso e consequentemente as estrias. Eles também ajudam na disposição e no bem estar da gestante. Mas é importante conversar antes com o seu médico, pois os exercícios de impacto geralmente devem ser evitados e a intensidade das atividade merece atenção. Os mais indicados para essa fase são: caminhada, hidroginástica e yoga.
 
● Cuidado com o peso e alimentação
Uma das principais causas da estreia é o ganho de peso de forma abrupta, por isso é importante ficar de olho na balança e engordar o indicado pela sua médica, que em geral fica em torno de 9 a 12kg. Outro fator importante é a alimentação. Alimentos ricos em Ômega 3, como o peixe, nozes e linhaça devem ser adicionados à dieta. Assim como ingerir alimentos ricos em vitaminas A, C e E, pois elas desempenham um papel importante na prevenção das estrias.
A vitamina A incentiva a formação de novas células e pode ser encontrada em alimentos como o leite, sardinha, ovos, em vegetais de folhas escuras como brócolis, couve e espinafre e em frutas de cor amarelo/alaranjado como a laranja, mamão, pêssego e cenoura, entre outros.
A vitamina E é essencial para uma pele saudável, além de ajudar na reparação da pele danificada, ela é um poderoso antioxidante com propriedades de antienvelhecimento celular. E na sua maioria, pode ser encontrada em alimentos de origem vegetais, como sementes e cereais integrais.
Por sua vez, a vitamina C protege e ajuda a manter a aparência da pele, pois ela exerce quatro principais funções: antioxidante, regenera, hidrata e ilumina a pele. Além de que também ajuda na produção de novas células. A vitamina C pode ser encontrada em vegetais como a rúcula, o agrião e o couve. Em frutas como: laranja, limão, abacaxi, morango e goiaba, entre outros. O tomate e o pimentão também são importantes fontes dessa vitamina, lembrando que seu consumo deve ser cru, pois o calor destrói a vitamina C.

E então o que acharam dessa dicas para prevenir o aparecimento de estrias na gravidez? Por enquanto estou conseguindo mate-las longe da minha barriga.

Grávidas com estilo: Peaches Geldof

No Grávidas com Estilo de hoje, os looks que a modelo, apresentadora de TV e jornalista britânica Peaches Geldof usou durante a sua gravidez. Para quem não lembra, Peaches é a famosa modelo que deixou o filho cair do carrinho ao atender o telefone. Trapalhadas à parte, a modelo se destacou com estilo pelos modelitos usados quando estava grávida. E também está na lista entre as 10 gestantes mais bem vestidas de 2013 de acordo com a revista Vanity Fair. Vestidos e leggings fizeram parte de seu guarda-roupa moderno, sofisticado e em muitos casos, delicado. Dá uma olhada nos looks separados para as mamães se inspirarem.