Detalhes do meu casamento - a trilha sonora

O casamento já foi, mas a vontade de compartilhar com vocês todos os detalhes ainda é grande. Afinal, a gente passa tanto tempo pesquisando, escolhendo e planejando que depois que passa até ficamos com uma saudade de pensar no assunto.
O post de hoje, como diz o título, é sobre a trilha sonora que escolhi para a cerimônia. Quem leu os posts anteriores sobre o casório já percebeu que no México a tradição é que manda e com a escolha das músicas não seria diferente. Existe regras para tudo, em muitas igrejas - não foi o caso da minha - há determinadas flores que não podem ser escolhidas, assim como lugares, em especial no altar que também não podem ser decorados. Para se ter uma ideia o fotógrafo ou o cinegrafista não podem ficar atrás do padre no altar. Isso limita muito as fotos, uma pena, sinto que gostaria de mais fotos minhas e do Joaquim de frente, mas quando o fotógrafo dava um jeitinho e caminhava para trás, o padre o fuzilava com os olhos. Ah a tradição, nem sempre ela é bem vinda.
Como a minha cerimônia não ia ter coro ou mariachi tocando ou cantando ao vivo eu tinha quatro músicas para escolher. A orientação que me deram era que fossem de preferência instrumental e de teor religioso. E eu tive que enviar as músicas com antecedência para a aprovação da paróquia. Música religiosa eu não escolheria, nem mesmo a Ave Maria, que é linda, mas não faz parte do meu estilo. Por isso fui pela linha da instrumental, que adoro.



Música faz parte da minha vida e escolher alguma para o casamento foi uma tarefa difícil. Eu sabia que não queria entrar com a tradicional marcha nupcial, mas qual outra canção me arrepiava ao ponto de ser a minha escolha? Foi quando ouvia "A thousand years" de Christina Perri que caiu a ficha. Eu me arrepiava toda vez que a ouvia e prestando atenção apenas no piano - eu amo piano - tinha vontade de chorar. Fui para o YouTube procurar uma versão com piano da canção, nesse momento conheci o trabalho do grupo "The piano guys" e me apaixonei pelo trabalho desses rapazes e mais ainda pela música. Ao ouvir os primeiros segundos a decisão foi tomada, essa era a minha canção de entrada. Dá um play e aumente o volume!
 
          

Como eu amei a música e não queria ouvir apenas alguns minutos, a usamos para a entrada do cortejo. Assim pude ouvi-la um pouco mais, nesse momento especial. A escolha para as próximas canções foram mais fáceis e não tive dúvidas, ia ser do repertório desses músicos. Fiz uma pequena seleção com as mais indicadas para as situações e com a ajuda do Joaquim decidimos a playlist que foi a seguinte:

● Para antes da Eucaristia a escolha foi a lindíssima canção JUST THE WAY YOU ARE do Bruno Mars por ter a seriedade e delicadeza desse momento, tanto na letra quanto na melodia.


              

● Para o momento em que entrego um ramo de flores igual ao meu buquê para virgem, aqui essa oferenda é uma tradição. E também fiz essa oferta à minha mãe que já faleceu. MORE THAN WORDS - no vídeo ela é cantada, mas encontrei uma versão tocada pelo "The piano guys" apenas instrumental. A entrega do ramo acontece depois da troca de alianças então achei que só de pensar na letra ela traduzia o aquele instante. Sem falar que a primeira música que aprendi a cantar em inglês quando criança. Faz parte da minha memória afetiva.


         


● E para o momento final, a assinatura e a saída dos noivos da igreja. Para esse momento escolhemos outra canção que nos encanta e tem exatamente o clima de praia que o casamento pedia. OVER THE RAINBOW.


           

E de brinde fica outra versão que amei e que com certeza seria a escolha para a festa em algum momento. Quem sabe a trilha sonora final para o vídeo? Esse vídeo mostra o quanto esses caras são sensacionais. Na próxima vida também quero tocar piano assim.

● ONE DIRECTION - What makes you beautiful

            

Um comentário

  1. Adoreiiiii.... a thousanda years, esta na minha lista a tempossss...amo meu música....

    ResponderExcluir