Beleza e imponônencia diante do Cerro de la Silla

Este é o Cerro de la Silla, leva esse nome porque o seu desenho lembra uma sela usada para montar cavalos. É uma das imagens mais emblemáticas de Monterrey, tão linda e tão grande que de qualquer parte da metrópole se pode avistar. Conforme a luz do sol bate até parece uma pintura, com jogos de luz, sombra e relevo.


A montanha tem quatro picos: Pico da Antena, Pico Norte, Pico Sul e o Pico da Virgem, este último provavelmente em homenagem a Virgem de Guadalupe. Seu pico mais representativo, o Pico Norte, fica a 1, 820 metros acima do nível do mar, enquanto o Pico da Virgem é o de menor elevação com 1, 759 metros acima do nível do mar. Sua área total tem 60,5 quilômetros quadrados. 
E adivinhem, há uma trilha para subir até a metade, onde há uma plataforma ou até o topo, no Pico da Antena. Haja fôlego, mas certamente a vista compensa qualquer esforço. O pico sul é o de mais difícil acesso, porque exige equipamentos especiais de alpinismo. Muitas pessoas sobem por lazer até o topo da Silla. Considerada uma subida difícil que requer preparo físico e tempo, seu caminho até o Pico da Antena é de aproximadamente 5,3 km, ou seja, aproximadamente 4 horas de caminhada morro acima, e mais 4 morro abaixo. Por volta dos anos 50 foi construído um teleférico para subir a serra, porém no dia da sua inauguração um acidente matou quatro pessoas, dentre eles, dois engenheiros. Foi a primeira e última vez que o teleférico funcionou. É, o jeito é se preparar para uma longa caminhada.

Obrigada pela visita!

Postar um comentário