Onde fica Monterrey?

Cidade dos vales montanhosos, Monterrey bem que podia ser conhecida assim. Paisagens incríveis que não me canso de olhar. E ao pé dos morros, uma cidade que não tem fim, ou melhor, cidades que não tem fim. De imponente beleza que é praticamente impossível enquadrá-la em uma única foto.
Para quem não sabe, Monterrey é a nona cidade mais populosa do México, é o segundo maior centro industrial depois da capital, Ciudad del México e a sua região metropolitana é terceira maior dos Estados Unidos Mexicanos, esse é o nome oficial do país.



Noite nublada em Monterrey. Vista do alto de uma parte da cidade.

  O México é limitado a norte pelos Estados Unidos, ao sul e oeste pelo Oceano Pacífico, a sudeste pela Guatemala, Belize e Mar do Caribe e a leste pelo Golfo do México. Monterrey está localizada no nordeste do país e é a capital do estado de Nuevo León. Com uma população estimada em 1,1 milhão de habitantes, dados de 2010, residindo em seu núcleo urbano. E pouco mais de 4 milhões de habitantes espalhados por uma área de 5.346,8 km2 que engloba diversas cidades periféricas. São cinco as principais cidades que compõe a região metroplitana de Monterrey: San Pedro Garza Garcia, Guadalupe, Santa Catarina, San Nicolás de Los Garza e Apodaca. E todas estão agrupadas uma na outra, separadas apenas por grandes avenidas. Basta cruzar uma e pronto, estamos na cidade vizinha. Vista do alto parece que faz tudo parte de uma cidade só.
Vias rápidas interligam todos os cantos, dirigir aqui é um desafio, é pior do que o trânsito de Caxias do Sul. Os motoristas quase não sabem o que é o pisca e vão se enfiando sem se importar se vão bater ou não. Não há fiscalização de trânsito, as manobras proibidas são frequentes e avançar o sinal vermelho é comum. Trombadas fazem parte da rotina por aqui. Mas o que assusta mesmo no trânsito é a rapidez, como são avenidas de grande fluxo, de quatro faixas, imagina esses detalhes aliados à velocidade. Um caos!



Pegar carona na traseira de camionetes por aqui é algo normal.


Para quem sempre viveu em cidade pequena, a cidade grande impressiona: pelo tamanho, pelo ritmo e pela vasta mistura de cores, aromas e pessoas. Em outro país então, tudo se torna maior, novo e interessante. Monterrey fica a 203 km de distância do Texas, por isso, há muita influência americana por aqui, a exemplo dos condomínios fechados e das casas, algumas sem portão e outras com, eu vivo em uma assim. Prédios residenciais quase não se vê, fast - food tem aos montes e têm até entrega a domicílio da coca- cola. Bem que poderia existir alguma cervejaria com o mesmo serviço.
Para se locomover os taxis são mais aconselhados, mas deve-se tomar cuidado mesmo assim. Nunca usei o transporte público, mas há quem garante que ele é ineficiente. O ideal mesmo é ter um carro. A cidade tem ótimos espetáculos, shows, festivais, restaurantes, cervejarias, parques e museus, além de ser um lugar e tanto para fazer compras, especialmente nas liquidações. Ainda sim, sinto que falta opção para o lazer ao ar livre.

Obrigada pela visita!

Postar um comentário